Progresso das doações e dos diagramas elétricos, atividades do inverno

Neste artigo, publicamos o progresso da campanha de doações e das nossas atividades correntes. Aqueles que seguem nossa conta no Twitter e nossa página no Facebook já estão cientes das notícias sobre o nosso trabalho. Nosso foco atual é no desenvolvimento de software. Resumidamente, nossos desenvolvedores estão testando as distribuições Linux correntes, preparando um ambiente emulado para uma máquina Qoriq T2080 usando Qemu e até experimentando o projeto Yocto para melhor avaliar a criação de uma distribuição própria.

Preparando uma distribuição GNU/Linux PowerPC

Comecemos com as distribuições. Como vocês sabem, divulgamos inicialmente nossa meta inicial como sendo ajudar a manter o Debian para processadores PowerPC de 64 bit (ppc64) e incluí-lo como sistema Linux padrão do nosso notebook. Esta ideia ainda é nossa meta, mas achamos mais opções boas como Lubuntu, openSuse e até Gentoo. Consequentemente, nossos testadores criaram uma lista de distribuições suportadas ativamente em processadores PowerPC e estamos avaliando seus procedimentos de instalação, sua performance e documentando quaisquer problemas encontrados.

Debian buster/sid ppc64 multiarch ppc32

 

Debian buster/sid ppc64

Também encontramos uma lista interessante dos sistemas operacionais disponíveis atualmente para o PowerPC em http://bgafc.t-hosting.hu/oses4ppc.php.

Kernel 4.14 e placas de vídeo no Power Mac G5

Outra grande descoberta feita por um dos nossos membros quando ele estava compilando um kernel experimental personalizado usando o código-fonte versão 4.14 e o GCC 7.3 no Gentoo rodando em um Power Mac G5. De acordo com ele, “o GCC 7.3 é definitivamente uma melhoria! A placas de vídeo (Radeon 9650 e 9800 AGP) não travam mais no G5. O Firefox está estável e menos lento (porque roda em XOrg acelerado)”. Além do mais, estamos testando placas de vídeo PCIe novas em um Power Mac G5, usando o comando Open Firmware “boot-device hd0:.\\”, sem precisar usar yaboot ou tbxi.

Testando um núcleo e6500 emulado no Qemu

Outro esforço está sendo feito para criar um ambiente virtual para emular nosso laptop futuro usando Qemu. Isto é muito importante, pois permitirá o desenvolvimento e teste de software como, por exemplo, o processo de boot u-boot. Crucialmente, permitirá qualquer interessado a testar e experimentar a nossa plataforma e configuração alvos, mesmo donos de hardware x86. Infelizmente, não há configuração pronta do Qemu que conforme perfeitamente com as nossas especificações. Mas é exatamente por isso que estamos trabalhando nessa direção.

Até agora, parece possível iniciar uma máquina virtual baseada no e6500 usando QEmu 2.11 e u-boot, mas ainda temos problemas para criar uma partição Linux.

Parece que recentemente o grupo de desenvolvimento do QEmu (https://lists.nongnu.org/archive/html/qemu-devel/) tem focado em melhorar a emulação PowerPC, fazendo-nos acreditar que a versão 2.12 vai facilitar muito alcançar nossos objetivos (https://wiki.qemu.org/Planning/2.12). Fique ligado!

Criação de uma imagem Linux PowerPC usando o projeto Yocto

Temos experimentado o uso do projecto Yocto para a criação de uma imagem Linux. Estamos avaliando esta possibilidade, pois seria uma opção extra para o ajuste fino do sistema operacional quando nosso hardware chegar. Atualmente, roda o desktop LXQT e inclui programas como o navegador Otter, Gimp, kvirc, qBittorrent, Audacious, Mpv, Qps e Speedcrunch. Estamos trabalhando em kernels funcionais para um Mac Mini G4 e um Power Mac G5.

Yocto personalizado PowerPC

Placa de vídeo funcional no devkit NXP T4240QDS

O time Borea tentou montar um desktop baseado no sistema de desenvolvimento NXP T4240QDS. Depois de muito trabalho, eles conseguiram rodar o Gentoo Linux com LXDE usando uma AMD Radeon PCIe sem modificações, e com suporte nativo à rede do T4240 usando DPAA, sem precisar de uma placa de rede PCIe extra. O time Borea usou um kernel não-modificado 4.14, a distribuição padrão para PowerPC do Gentoo e, como um extra, o dock Cairo para testar a aceleração 2D usando a GPU.

O resultado final foi ótimo, e sem nenhuma instabilidade! Por exemplo, o VLC rodou Xvid FullHD usando só dois núcleos (de um total de 24) rodando a 1.6 GHz com AltiVec ativado. O LibreOffice 5.4.5.1 funciona bem também. Infelizmente, rodar navegadores Web é um problema. O Firefox 54.x compila, mas não inicia (segmentation fault). O Firefox 58 nem chega a compilar, mas o time só tentou brevemente. Alguns pacotes tentam executar instruções ilegais, mais provavelmente por questões de incompatibilidade com o ISA do Power8/9, ou talvez nem todos os aplicativos suportam corretamente o AltiVec ABI. Precisamos resolver esses problemas, mas a impressão geral é que o T4240, como um desktop, é bem rápido.

Gentoo ppc64 no devkit NXP T4240QDS

Estaremos presentes nas “Les journées du Logiciel Libre”no dia 24 de março

Finalmente estaremos presentes na reunião dos dias do software livre (Les journées du Logiciel Libre), nos dias 24 e 25 de março em Lyon, França. Apresentaremos nosso “Portable Open Hardware” no dia 24 de março as 12h30 na “Maison Pour Tous”, Salle des Rancy 249 rue Vendôme 69003, Lyon. Veja o local no mapa em https://www.openstreetmap.org/way/49680968.

Les journées du Logiciel Libre

BSD Mag

Não perca a última edição da BSD Mag, que inclui um artigo por Saulo Paiva (o que vos escreve) explicando o nosso projeto Open Source Power Notebook e uma entrevista com Roberto Innocenti.

Nosso projeto do notebook PowerPC na BSD Magazine.

Participação no FunkyPrize

No dia 29 de dezembro de 2017, inscrevemos nosso projeto “Open Hardware GNU/Linux” no FunkyPrize italiano. O FunkyPrize é um prêmio que foi fundado em 2014 em homenagem ao finado Marco Zamperini, um professor italiano que sabia como impulsionar as novas gerações a um uso informado e avançadíssimo de novas tecnologias.

O FunkyPrize tem como meta preencher o vácuo deixado por sua partida prematura, encorajando a todos que queiram continuar buscando sua meta, e por um uso mais disseminado, maduro e consciente da Internet na Itália; também desenvolvendo o potencial da Internet como ferramenta para a melhoria da qualidade de vida do país, e facilitando novas formas de participação na sua vida social e econômica.

Infelizmente, não fomos selecionados como um dos finalistas. 🙁

Para maiores informações sobre a nossa participação no FunkyPrize, clique aqui.

Os diagramas elétricos estão prontos! Esperamos os 25% finais das doações.

Gostaríamos de lembrar a todos que nossa campanha não tem como meta criar um produto, mas sim criar um diagrama elétrico livre, bem documentado e pronto para produção, que permita a qualquer um produzir e até personalizar hardware baseado na plataforma PowerPC.

Até o momento da publicação deste artigo, recebemos 75% do montante necessário e com sua singela ajuda atingiremos nossa meta.

Quando atingirmos a meta, pagaremos o projetista e ele nos transferirá os diagramas elétricos como combinado. Depois da revisão necessária, divulgaremos o resultado do trabalho com toda a comunidade.

Se você pensa em nos ajudar, por favor considere doar mensalmente, ao invés de uma doação única. Doações recorrentes nos ajudam a planejar nossas atividades melhor e também ajudam o engenheiro a saber quando atingiremos nossa meta.

Ajude-nos a divulgar o nosso projeto para tornar nosso notebook PowerPC Linux realidade.

Campanha de arrecadação de fundos para o diagrama elétrico da placa-mãe do notebook PowerPC

  1. Design PowerPC notebook Motherboard

    Donation Campaign for the Electrical Schematics of a PowerPC Notebook motherboard

    €13,874.70 donated

Sobre o projeto do notebook Linux PowerPC

Nós queremos muito fazer acontecer: um notebook PowerPC notebook lançado como código livre.

Para atingir esta meta, várias etapas precisam ser realizadas, como projetar uma placa-mãe personalizada que caberia em um chassis genérico para notebooks.

Desde outubro de 2014, quando nosso projeto foi lançado, o número de pessoas interessadas cresce continuamente. Já temos alguns voluntários experientes. Alguns deles, capazes de contribuir com a revisão e controle de vários aspectos do design eletrônico. Infelizmente, depois de todos esses anos, ainda estávamos com empecilhos, por falta de tempo, de engenheiros capazes ou outras habilidades profissionais.

Para resolver a situação, contactamos em 2016 a firma italiana ACube Systems, uma companhia com alguma experiência no projeto de placas-mãe PowerPC. Tivemos sorte, pois encontramos um grupo de pessoas entusiasmadas que compartilham nossa crença nos benefícios de longo prazo da filosofia do hardware aberto, e sua experiência em projetar várias placas-mãe PowerPC fazem deles a escolha ideal de parceiro para nosso projeto.

Junto com a ACube, conseguimos terminar o diagrama elétrico da placa, mas um designer profissional tem que ser pago.

Então, o grupo envolvido com o projeto decidiu “botar a mão na massa” e lançou uma campanha de arrecadação de fundos para pagar esta parte do trabalho.

Continue reading

Diagrama de bloco do notebook PowerPC pronto!

Passaram-se três meses desde o lançamento da nossa campanha. É hora de compartilhar-mos notícias.

Atingimos a meta de €7100 graças aos mais de 100 doadores que contribuíram, em alguns casos mais de uma vez, com a campanha. Estamos pensando em como aumentar o número de doações para atingir a meta final de €12600. Vemos que boa parte dos novos doadores são novos ao projeto. Parece que nossa publicidade tem atraído novas audiências com sucesso. Queremos ir além, então pedimos a todos que divulguem nosso projeto ainda mais, por exemplo, participando em publicações online sobre TI, fóruns, páginas Web e outros. Semana passada, o projeto foi apresentado em dois Linux Day na Itália: por Roberto I., em Milão; e por Diego M., em Bolzano. Na mesma semana, a ACube apresentou o projeto em um evento muito bem sucedido: Amiga32 em Neuss, Alemanha, com muitos interessados. No dia 11 de novembro, Philippe F. apresentará no evento Alchimie 12, em Tain l’Hermitage, França.

Você gostaria de ver os diagramas elétricos prontos até o Natal? Só há uma maneira: contribua ativamente, doando ou envolvendo novos colaboradores.

PowerPC Notebook block diagram

A Acube tem trabalhado no diagrama elétrico, e enviou uma prévia do diagrama de blocos, que foi exaustivamente discutido com o grupo de voluntários de hardware. Como resultado desta discussão, em particular ao redor de um componente NDA, chegamos à uma versão final que agrada a ambos os lados. Quase todos os componentes já foram identificados. Incluímos um diagrama de bloco do notebook PowerPC, sem os nomes dos circuitos integrados. Revelaremos o nome de todos os componentes quando atingirmos a quantia necessária para completar o diagrama elétrico, como concordado com a ACube. Então publicaremos os arquivos de design quando esta fase estiver completa e praticamente sem erros ou falhas. Durante o processo, qualquer um querendo colaborar ativamente com a revisão do design pode se juntar ao projeto e à associação.

Resumidamente, estamos trabalhando duro para promover a campanha, e a ACube está no caminho da conclusão da primeira fase do projeto. Já vemos a luz no fim do túnel!

Para finalizar, gostaríamos de lembrá-los da importância das doações periódicas. A possibilidade de ter um fluxo de caixa constante é interessante, pois garante o trabalho contínuo do designer do hardware.

Começamos a desenhar o diagrama elétrico, com agradecimentos à ACube Systems

Graças às doações recebidas até agora, a ACube recebeu o pagamento para começar o estudo da lista de componentes. A comunidade Power Progress forneceu a lista de prováveis componentes não cobertos por NDA para gerenciar USB 3, SATA 3, áudio e outros. O projeto do diagrama elétrico começou. Desde o dia 7 de agosto, a ACube está analisando a informação e retornará sugestões.

Milão, 10 de agosto de 2017. A associação Power Progress Community anuncia a colaboração oficial da ACube Systems SRL através de contrato assinado para criar os diagramas elétricos do notebook PowerPC GNU Linux. O projeto involvendo ambas as organizações criará um laptop PowerPC com placa de vídeo MXM. A fase atual produzirá o diagrama elétrico completo desse computador.

Emilia Fahlin (Sweden)

A comunidade Power Progress agradece novamente a grande apaixonada colaboração de todos os voluntários e doadores que fazem acontecer. “Como o prazo previsto para a entrega do diagrama elétrico é de 10 semanas, está agora em nossas mãos e nas mãos de nossos doadores e colaboradores atingir a meta de 12600 Euros no mesmo ou menor período.”  declarou Roberto Innocenti, presidente da associação Power Progress Community.

A ACube Systems já estava colaborando nas tarefas preliminares e apoiando a organizaÇào. Enrico Vidale, CEO da ACube Systems, disse “Há muito queremos construir um laptop PowerPC. Graças à associação Power Progress Community, esse sonho se realizará. Estamos empolgados quanto ao futuro!”

A Power Progress Community é uma associação sem fins lucrativos composta por voluntários, e inspirada pelo movimento de hardware e software de código aberto. A sua missão não é focada em vender produtos, e a contribuição ao notebook PowerPC é um exemplo. A comunidade Power Progress está trabalhando para estabelecer e consolidar um grupo de potenciais compradores grande o suficiente para motivar o fabricante a iniciar o processo de fabricação. Além disso, a Power Progress Community está apoiando a campanha de crowdfunding para o projeto e prototipagem do laptop, e também encorajando os desenvolvedores de software de código aberto a suportar a plataforma PowerPC.

A ACube Systems S.r.l, uma companhia de renome mundial, foi fundada em janeiro de 2007. A sua meta principal é criar e promover produtos de hardware e software inovadores, graças ao seu time de pesquisa e desenvolvimento apoiado por colaboradores de equipes italianas e internacionais renomadas.

O poder (Power) de progredir (Progress) está na nas mãos de nossa comunidade (Community).

Donation Campaign for the Electrical Schematics of a PowerPC Notebook motherboard

A campanha pelo notebook PowerPC começou

Temos o prazer em anunciar que nossa campanha de financiamento começou. Desde hoje, aceitamos doações através da página da campanha, com o objetivo de angariar fundos para o contrato com a Acube Systems, que projetará a placa-mãe do notebook.

A jornada já é longa, mas parece que acabamos de começar. Gostaríamos de ter atingido este ponto há alguns meses, mas enfrentamos alguns obstáculos e tentamos encontrar soluções para todos eles. No meio tempo, fundamos a nossa entidade sem fins lucrativos (Power Progress Community), com a tarefa preliminar de escolher os componentes de hardware. Nós também identificamos voluntários para manter uma distribuição Linux, contactamos companhias e organizações e, claro, recebemos o seu suporte via nossa página, na nossa página do Facebook, no fórum e em outras redes sociais.

The PowerPC Notebook campaign has just started

The PowerPC Notebook campaign has just started

Depois de todo este trabalho, estamos prontos para coletar os fundos necessários para começar o trabalho de engenharia. Não é nossa intenção agora explicar todos os detalhes, então convidamo-vos a ler mais informações na página da campanha: https://fundraising.powerpc-notebook.org/.

Obrigado pelo apoio e entusiamo.

Notícias sobre a campanha de financiamento

Caros leitores e membros da comunidade,

Como vocês sabem, nós anunciamos anteriormente que a nossa meta era inciar a campanha de financiamento (crowdfunding) em maio. Nós decidimos a maneira na qual queremos conduzir nossa campanha: uma combinação de campanhas contínuas e esporádicas de crowdfunding para financiar o desenvolvimento do laptop. Nós não temos como meta uma campanha de curta duração, pois não combina com nosso modelo de de financiamento próprio. Este modelo de financiamento combina mais com doações Patreon ou a maneira com que organizações como a Haiku Inc. são financiadas.

 

Para nós, é importante gastar um tempo de qualidade para coordenar com o nosso fabricante, finalizar uma documentação completa e produzir um vídeo que explique a campanha. Por isso, há um atraso enquanto resolvemos tudo. Precisamos de mais alguns dias para completar essas tarefas e preparar a campanha online.

Nossa meta é iniciar a campanha em junho. Atualizaremos a todos conforme o progresso.

Desculpas pelo atraso e agradecemos a paciência.

Financiamento coletivo (crowdfunding) do notebook PowerPC – diagrama do circuito elétrico

A comunidade Power Progress (a entidade sem fins lucrativos que fundamos em julho de 2016) lançará uma campanha de financiamento coletivo para a análise da arquitetura do sistema, seleção de componentes e diagrama elétrico do notebook PowerPC.

76477 Demo Circuit-C

A decisão foi tomada após votação celebrada dentro do nosso core team, celebrada na terceira semana de março. A maioria dos membros votou pelo lançamento da campanha de financiamento o mais cedo possível.

Esta fase será o primeiro passo para completar o design completo, já que o processo de seleção dos componentes necessários estava sendo desgastante para os nossos voluntários. Se a meta do financiamento for alcançada, esta tarefa será realizada pela ACube Systems em um período determinado.

Maiores detalhes serão publicados em breve.

Cooperação entre a comunidade Power Progress e a ACube Systems

A comunidade Power Progress anuncia publicamente sua cooperação frutífera com a ACube Systems, uma companhia italiana produzindo sua própria linha de placas-mãe PowerPC. Desde o começo do projeto, a ACube Systems aceitou fabricar nossa placa-mãe. Nós agradecemos o pessoal da ACube por permitir-nos seguir uma abordagem transparente em direção a um projeto puramente Open Source, com o objetivo de publicar todos os detalhes técnicos do hardware.

 

Nossa cooperação com a ACube, além de dar-nos a chance de construir o hardware, deu-nos um parceiro experiente e apaixonado sem custos. Portanto, gostaríamos também de agradecer o seu apoio contínuo e sua contribuição ao nosso projeto, permitindo-nos superar quaisquer obstáculos.

Até agora, a ACube é a única companhia com a qual estamos colaborando. No futuro próximo, gostaríamos de iniciar novas parcerias com associações e organizações que compartilham o mesmo espírito inovador que a nossa comunidade Power Progress.

A ACube Systems S.r.l, uma companha reconhecida mundialmente, foi fundada em janeiro de 2007.

A meta principal da ACube Systems é criar e promover produtos inovadores em hardware e software graças à uma equipe interna de pesquisa e desenvolvimento que tem o suporte de outras equipes de renome italianas e internacionais.

 

Debian 9 e PowerPC

Como vocês já provavelmente sabem, o time do notebook PowerPC já tinha escolhido o Debian 9 (Stretch) como sistema operacional, pois parecia oferecer muitas vantagens (DFSG, Altivec, compatibilidade, etc..). Porém, a equipe Debian recentemente decidiu remover a arquitetura PowerPC (Big Endian) da lista de arquiteturas suportadas no futuro Debian 9 (Stretch) e Debian testing (Sid) e os repositories PowerPC já foram removidos. Mas eles manterão a arquitetura ppc64el (Little Endian).

(Para aqueles que não sabem a diferença entre powerpc, ppc64el (e ppc64), vejam o resumo no fim desta mensagem).

Debian

Debian 9 a caminho

Uma das razões detrás desta decisão foi uma aparente falta de porters/mantedores/testadores, ainda que o time PowerPC Debian tenha membros muito competentes, motivados e pro-ativos.

Alguns de nós estamos dispostos a seguir o caminho Debian PowerPC, mas precisamos de voluntários dispostos a doar parte do seu tempo para a comunidade Debian PowerPC: aprender, testar, consertar bugs, etc..

Isso não implica que não teremos um “plano B” testando alguma outra distribuição. A razão principal em manter o Debian é que este funciona bem nas máquinas 32/64 bit atuais, e podemos tentar manter o status quo.

Se você tem uma máquina PowerPC de 32 ou 64 bits, e quer ajudar-nos a manter o Debian PowerPC vivo, contate-nos em team@powerprogress.org.

Diferenças entre powerpc / ppc64 / ppc64el:

  • powerpc é a versão histórica do Debian PowerPC (1997). Funciona em processadores PowerPC Big Endian (G3/G4/G5 e freescale/NXP mais recentes). Esta é a versão que você usaria no seu Power Mac/PowerBook/Genesi/Amiga. Note que esta versão suporta Altivec.
  • ppc64 (Big Endian) era o que seria a versão recomendada para processadores Big Endian de 64 bits (G5 e mais novos). Tem algumas vantages sobre a primeira versão, mas não é tão bem suportada.
  • ppc64el (Little Endian) começou com o Debian 8 Jessie. Funciona nos chips Power mais novos da IBM (para servidores). Mesmo que alguns dos chips mais novos da freescale/NXP também podem ser usados em Little Endian mode (mas sem Altivec), eles não funcionam com Debian ppc64el pois este é compilado com VSX (Vector Scalar eXtension) ativado.

Sobre Hardware Open Source

No final do ano passado, começamos a considerar a possibilidade de tornar nossa placa-mãe um hardware Open Source (OSH). Depois de discutir a ideia com o fabricante do componente, ambas as partes concordaram que isso é uma boa ideia. Anunciamos o novo desafio no começo do ano e agora acreditamos ser o momento perfeito para clarificar as consequências da nossa decisão. Para explicar melhor, formularemos e responderemos algumas perguntas.

O que é hardware Open Source?

Parece ser difícil explicar o que é OSH. Uma descrição completa e detalhada pode ser encontrada na página de definição da OSHWA. Mas simplificando, podemos dizer que hardware OSH é hardware feito de uma maneira tal que as especificações estão publicamente disponíveis. Além disto, a documentação fornecida para entender e reproduzir o dispositivo deve ser amigável, permitindo sua edição e adição de melhorias. Um PDF com os esquemas não é suficiente para classificar um hardware como Open Source. Para tornar um projeto de hardware Open Source, o conjunto completo de CAD e arquivos descritivos deve ser fornecido; permitindo, por exemplo, a modificação dos circuitos. Naturalmente, qualquer firmware usada para fazer o hardware funcionar também deve ter código-fonte Open Source.

O problema para um projeto como o nosso é alcançar um nível completo de abertura. Um notebook usa vários componentes que são criados por terceiros e, como pode ser imaginado, quase todos sob licença proprietária. Em muitos casos, se você deseja usá-los, você precisa assinar um termo de confidencialidade (NDA agreement) com o fabricante (por exemplo, para o NXP do processador PPC). Além do mais, a assinatura do NDA significa que você não pode relevar certas informações relacionadas aquele item.

A OSHWA menciona este problema em particular quando explica o processo de obtenção da certificação Open Source para um item específico de hardware:

“Mas isso não significa que todo o projeto precisa ou será Open Source. Se os criadores usaram componentes de terceiros que estão fora de seu controle, eles são incapazes – e consequentemente não obrigados – a usar esses componentes de uma fonte open source. Mesmo que seja uma forte preferência usar componentes abertos sempre que possível, a OSHWA entende que, na realidade, isso não é sempre possível.”

Então qual é o nosso plano?

Queremos ser o mais aberto possível. Publicaremos todos os arquivos CAD, as especificações e qualquer documentação disponível em uma maneira usável. Claro que compartilharemos o código-fonte também (firmware e drivers). Mas não poderemos compartilhar informações sobre componentes protegidos por NDA.

Daremos preferência a qualquer componente que possa ser considerado Open Source se ele atingir o que precisamos. Porém, precisamos ser práticos. Poderemos sselecionar um componente diferente se a opção livre não tem as características que buscamos.

Para finalizar, onde estamos neste processo?

Como anunciamos há algumas semanas, criamos a associação Power Progress Community no verão passado e os membros do projeto estão se juntando à associação completando o formulário de cadastro e pagando a taxa anual (30 Euros). Roberto é presidente atual da associação e logo teremos os primeitos NDAs assinados.

Power Progress Community logo

Outro ponto importante é a lista de componentes do notebook PPC. A seleção destes componentes não está completa ainda, mas achamos que esta parte do projeto agora é a mais importante, então é onde nosso foco principal está. Assim que a lista de componentes estiver completa, revelaremos a informação em outro informativo. Fique de olho.