Análise da integridade do sinal do design da PCB

No dia 8 de setembro de 2020, atingimos a nossa meta de arrecadar a quantia necessária para completar o design da nossa placa de círcuito impressa (Open Hardware PCB). Agradecemos a todos!

Nos últimos 9 dias, recebemos mais de 2000 euros.
Isso nos permitiu atingir a meta 7 dias antes do prazo. Uma maravilha!

Gerd Altmann da Pixabay

A fase 1B da campanha tem como meta as “Fast SI bus simulations”. Em outras palavras, pagará por uma analise profunda da integridade dos sinais da PCB que foi produzida na fase anterior da campanha. Começamos os testes logo após concluir a arrecadação.

O design da PCB, projetada com o Mentor Xpedition, será publicada aqui em breve. Um primeiro rascunho público deverá estar pronto até o fim de setembro.

Após a análise profunda da integridade dos sinais estiver pronta, graças à campanha de arrecadação atual, publicaremos uma versão atualizada da PCB.

Nosso discurso na cimeira OpenPOWER – 15 de setembro de 2020

No dia 15 de setembro de 2020, na cimeira OpenPOWER NA, haverá muitas palestras e projetos. Nossa apresentação será às 5:35 da tarde (CET).

Há cerca de 6 anos, começamos como um grupo de entusiastas do FOSS, PowerPC e hardware aberto, começando a trabalhar no projeto do notebook PowerPC, com hardware aberto rodando o GNU/Linux. Tínhamos pouco dinheiro e habilidade. Mas o nosso entusiasmo e motivação nos levaram a atingir o estágio de fabricação da placa-mãe. Finalmente, neste ano, conseguimos com sucesso projetar a PCB com a ajuda de colaboradores e fundos limitados. Encontramos muitos desafios nesse processo. Mesmo que processadores PowerPC estejam no mercado já há duas décadas, implementar as versões atuais em laptops é muito difícil comercialmente. A performance no modo Big Endian é melhor. Mas, neste modo, muitos softwares precisam ser modificados. No futuro, planejamos atualizar nosso design para as versões mais atuais do processador. Com mais colaboradores, seria possível projetar placas menores e mais baratas.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.